SISTEMAS DE GESTÃO DE IDEIAS: UMA REVISÃO DE LITERATURA

  • Willian Rochadel Universidade Federal de Santa Catarina
  • Gertrudes Aparecida Dandolini Universidade Federal de Santa Catarina http://orcid.org/0000-0003-0867-9495
  • João Artur de Souza Universidade Federal de Santa Catarina http://orcid.org/0000-0002-7133-8944
  • Aline de Brittos Valdati Universidade Federal de Santa Catarina
  • Alessandro Costa Ribeiro Universidade Federal de Santa Catarina

Abstract

O paradigma da Inovação Aberta impulsionou as possibilidades para as organizações absorverem o conhecimento externo. Neste processo, ideias e oportunidades são coletadas, analisadas e julgadas para avançar no processo, presumindo um resultado. Porém, ao considerar as incertezas e múltiplas fontes de informação, a Gestão do Conhecimento é complexa nesta fase. Para isso, os Sistemas de Gestão de Ideias apresentam soluções integradas que auxiliam o ciclo de vida das ideias em uma organização. A fim de compreender processos aos quais as ideias são submetidas, o presente artigo apresenta uma revisão integrativa dos Sistemas de Gestão de Ideias. Como resultado, analisa as diversas etapas apontadas pelos autores que identificam o ciclo das ideias nos sistemas de informação. Além disso, discute como estes ciclos são fundamentais para a Gestão do Conhecimento das organizações.

Author Biographies

Gertrudes Aparecida Dandolini, Universidade Federal de Santa Catarina

Mestre(1997) e Doutora em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2000), e licenciada em Matemática pela Universidade Federal de Santa Catarina (1992). Foi professora da Universidade Federal de Pelotas entre 2003 e 2007, onde foi coordenadora do curso de Matemática e do curso de Matemática na modalidade a distância. Foi pesquisadora da Universidade Aberta do Brasil (UAB) até 2011. Atualmente é Professora Titular da Universidade Federal de Santa Catarina do Departamento de Engenharia do Conhecimento, um dos líderes do Grupo de Pesquisa IGTI e do ENGIN - Engenharia da Integração e Governança do Conhecimento. Na graduação tem trabalhado com a disciplina de Teoria Geral dos Sistemas, Criatividade e Inovação e Gestão da Inovação. Na pós-graduação é professora do Programa de Pós Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento da UFSC na área de inovação. Área de pesquisa atua principalmente com: Front End da Inovação, Inteligência para Inovação, Gestão de Inovação, Inovação Social e Universidade Corporativa.

João Artur de Souza, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (1999) e Pós-doutorado pela Universidade Federal de Santa Catarina (2000). Graduação em Matemática (Licenciatura) pela Universidade Federal de Santa Catarina (1989), Mestrado em Matemática e Computação Científica pela Universidade Federal de Santa Catarina (1993), Graduação em Direito pelo Universidade do Sul Catarinense (UNISUL).Trabalhou na Universidade Federal de Pelotas de 1993 a 2007 como professor na área de Matemática, atuando também em Educação a Distância. Enquanto professor da Universidade Federal de Pelotas foi coordenador do Curso de Matemática a Distância, trabalhando com ambiente virtual de aprendizagem, preparação de material didático, e objetos de aprendizagem. Atualmente é Professor da Universidade Federal de Santa Catarina do Departamento de Engenharia do Conhecimento líder do Grupo de Pesquisa IGTI e membro do Grupo ENGIN - Engenharia da Integração e Governança do Conhecimento. Na graduação tem trabalhado com disciplinas das áreas de Métodos Quantitativos de Pesquisa, Gestão da Inovação, Lógica Matemática e Técnicas da Engenharia do Conhecimento. Na pós-graduação tem atuado como professor do Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento da UFSC na área de Engenharia do Conhecimento. Atuando nas áreas de pesquisa: Gestão da Tecnologia da Informação, Educação a distância, Inovação, Gestão da Inovação e Inteligência para Inovação. Tem experiência na área inteligência artificial, mais especificamente: Redes neurais, conjuntos difusos e Algoritmos genéticos.

Aline de Brittos Valdati, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutoranda e Mestre em Engenharia e Gestão do Conhecimento (UFSC), integrando o Núcleo de Estudos em Inteligência, Gestão e Tecnologias para Inovação (IGTI) e o Nucleo de engenharia de integração e governança do conhecimento (ENGIN). Graduada em Tecnologias da Informação e Comunicação (UFSC). Atuou com Gestão de Projetos na área de desenvolvimento de sistemas e como professora na área de Informática no Instituto Federal Catarinense - Campus Avançado Sombrio. 

Alessandro Costa Ribeiro, Universidade Federal de Santa Catarina

Possui graduação em Ciência da Computação pela Universidade do Estado de Mato Grosso (2008). Atualmente é mestrando no Programa de Engenharia e Gestão do Conhecimento da UFSC. Servidor Público vinculado ao Campus de Nova Mutum da Universidade do Estado de Mato Grosso. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Inteligência Artificial e Banco de Dados.

Published
2017-09-06
How to Cite
ROCHADEL, Willian et al. SISTEMAS DE GESTÃO DE IDEIAS: UMA REVISÃO DE LITERATURA. International Congress of Knowledge and Innovation - Ciki, [S.l.], v. 1, n. 1, sep. 2017. ISSN 2318-5376. Available at: <http://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/233>. Date accessed: 17 june 2019.