RISCOS EM ORGANIZAÇÕES TÁTICAS:COMO PREVENIR DESASTRES COM ENGENHARIA E GESTÃO DO CONHECIMENTO?

  • Viviane Schneider Universidade Federal de Santa Catarina
  • Denilson Sell Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
  • Roberto Carlos dos Santos Pacheco Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Resumo

Organizações Táticas (OT), são instituições projetadas para realizar missões em ambientes incertos, ambíguos e complexos, que tem como característica comum a interação constante entre tecnologia e pessoas com conhecimento altamente especializados. Em tais ambientes, os desastres não acontecem ao acaso, eles são construídos em uma sequência de pequenos erros que fatalmente irão culminar em um evento de graves consequências. Tais eventos envolvem a interação de erros humanos, erros técnicos, pressões por produção, pressões políticas e culturais, os quais muitas vezes são sutis e difícil de serem evitados. Neste artigo elaboramos uma investigação para identificar abordagens de Engenharia e Gestão do Conhecimento que podem lidar com problemas inerentes a falta de conhecimento que causam acidentes em OT. O estudo identificou que abordagens de modelagem de conhecimento orientada ao contexto cultural e situacional das experiências ocorridas nessas organizações podem fornecer subsidio para apoiar situações de riscos.

Biografia do Autor

Denilson Sell, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Professor titular Programa de Pós-Graduação Em Engenharia e Gestão do Conhecimento – Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Florianópolis – SC – Brasil.

Roberto Carlos dos Santos Pacheco, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Professor titular Programa de Pós-Graduação Em Engenharia e Gestão do Conhecimento – Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Florianópolis – SC – Brasil.

Publicado
2017-09-06
Como Citar
SCHNEIDER, Viviane; SELL, Denilson; PACHECO, Roberto Carlos dos Santos. RISCOS EM ORGANIZAÇÕES TÁTICAS:COMO PREVENIR DESASTRES COM ENGENHARIA E GESTÃO DO CONHECIMENTO?. Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação – Ciki, [S.l.], v. 1, n. 1, sep. 2017. ISSN 2318-5376. Disponível em: <http://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/290>. Acesso em: 17 nov. 2019.