SISTEMA REGIONAL DE INOVAÇÃO:A ESTRUTURA CIENTÍFICA TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA

  • Guilherme Paraol de Matos Universidade Federal de Santa Catarina
  • Paulo Cesar Leites Esteves UFSC

Abstract

Este artigo apresenta o Sistema Regional de Inovação (SRI) de Santa Catarina sob uma perspectiva científica e tecnológica dos agentes que o compõe. Corresponde a uma pesquisa qualitativa, bibliográfica e documental. A pesquisa apresenta a contextualização da abordagem de Sistemas Regionais de Inovação, e suas principais características. Para identificação das instituições é utilizada as dimensões científica, tecnológica, intermediação, capacitação e gestão empresarial, financiamento e governança com base em Souza Júnior (2014). Os dados levantados identificaram 39 instituições, 55 incubadoras, 38 Instituições de ensino superior particulares (AMPESC) e 16 comunitárias (ACAFE). Constitui-se portanto, um SRI bem estruturado, com atores em todas as dimensões científico-tecnológicas. Por outro lado, é preciso explorar qual o nível de interação entre esses agentes, fator demonstrado como fundamental para um SRI eficiente.

Published
2017-09-07
How to Cite
DE MATOS, Guilherme Paraol; ESTEVES, Paulo Cesar Leites. SISTEMA REGIONAL DE INOVAÇÃO:A ESTRUTURA CIENTÍFICA TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA. International Congress of Knowledge and Innovation - Ciki, [S.l.], v. 1, n. 1, sep. 2017. ISSN 2318-5376. Available at: <http://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/323>. Date accessed: 18 oct. 2019.