CAPACIDADE ABSORTIVA E INOVAÇÃO EM EMPRESAS DE TECNOLOGIA EM SANTA CATARINA

  • Graciele Tonial Unoesc - UFSC
  • Guillermo Antonio Dávila Universidade Federal de Santa Catarina
  • Gregório Jean Varvakis Universidade Federal de Santa Catarina
  • Paulo Maurício Selig Universidade Federal de Santa Catarina
  • Carlos Ricardo Rossetto Universidade do vale do Itajai - UNIVALI

Resumo

O objetivo deste estudo é analisar as rotinas que empresas de base tecnológica de Santa Catarina desenvolvem para melhorar sua capacidade absortiva. O estudo é qualitativo, e utiliza a técnicas de casos múltiplos para analisar 11 empresas de base tecnológica. A coleta de dados ocorreu por meio de entrevistas semiestruturadas em profundidade, observação não participante e análise documental. O modelo teórico utilizado para elaborar o roteiro de coleta de dados e análise foi o de Zahra e George (2002). Os dados foram examinados com o apoio da técnica da análise temática. Os principais achados apontam rotinas de capacidade de absorção como propulsor para o desenvolvimento da inovação nas empresas analisadas, como: Adaptar o conhecimento externo a uma nova tecnologia para criar um novo produto. Desenvolver a capacidade de aplicar o conhecimento interno e externo em patentes e ou produtos de softwares inovadores para o mercado. Verificou-se que existem diferenças nas rotinas de capacidade de absorção entre empresas de um mesmo setor, sendo que as empresas com mais tempo no mercado tendem a possuir mais rotinas implementadas em seus processos de inovação. Assim, pode-se concluir que a pesquisa fornece recomendações concretas sobre como alocar os recursos para um uso mais eficiente do conhecimento externo na geração de inovações.

Biografia do Autor

Guillermo Antonio Dávila, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutor em Engenharia e Gestão do Conhecimento na Universidade Federal de Santa Catarina - Brasil

Gregório Jean Varvakis, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutor em manufacturin Engineering – Laoughborough of Technology, e professor do programa em Engenharia e Gestão do Conhecimento na Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil

Paulo Maurício Selig, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutor em Engenharia da Produção na Universidade Federal de Florianópolis, e professor convidado do programa Engenharia e Gestão do Conhecimento na Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil,

Carlos Ricardo Rossetto, Universidade do vale do Itajai - UNIVALI

Doutor em engenharia da Produção na Universidade de Florianópolis e professor do programa de Mestrado e Doutorado em Administração da Universidade do vale do Itajaí, Brasil

Publicado
2018-08-20
Como Citar
TONIAL, Graciele et al. CAPACIDADE ABSORTIVA E INOVAÇÃO EM EMPRESAS DE TECNOLOGIA EM SANTA CATARINA. Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação – Ciki, [S.l.], v. 1, n. 1, aug. 2018. ISSN 2318-5376. Disponível em: <http://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/538>. Acesso em: 13 dec. 2019.