ANÁLISE DA COERÊNCIA DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE UMA FAP EM RELAÇÃO ÀS DEMANDAS DOS ATORES DE CTI

  • Vívian Costa Alves UFSC
  • Viviane Schneider
  • Roberto Carlos dos Santos Pacheco

Resumo

As Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) têm a missão de fomentar ações que visam desenvolver o Sistema Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI) de um estado brasileiro. Para realizar tal missão, as FAPs, normalmente, realizam conferências para elaboração de suas políticas e programas. Neste estudo, nós investigamos os resultados obtidos na II Etapa da V Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (V CECTI), a qual foi realizada pela FAP de Santa Catarina, a Fapesc. Nós mapeamos as demandas coproduzidas nesse evento e analisamos sua aderência com os programas implementados pela Fapesc. Com o uso de métodos e técnicas de Engenharia do Conhecimento, nós representamos a coerência entre dois contextos: (i) o contexto dos programas da Fapesc, em relação ao (ii) contexto das demandas apresentadas na II Etapa da V CECTI. Os resultados obtidos podem apoiar a Gestão do Conhecimento aplicada às políticas públicas do estado catarinense.

Publicado
2018-10-11
Como Citar
ALVES, Vívian Costa; SCHNEIDER, Viviane; PACHECO, Roberto Carlos dos Santos. ANÁLISE DA COERÊNCIA DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE UMA FAP EM RELAÇÃO ÀS DEMANDAS DOS ATORES DE CTI. Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação – Ciki, [S.l.], v. 1, n. 1, oct. 2018. ISSN 2318-5376. Disponível em: <http://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/546>. Acesso em: 14 dec. 2019.