TURNOVER DE PROFISSIONAIS DE VENDAS: O CASO DE UMA ORGANIZAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

o Caso de uma Organização de Tecnologia da Informação

  • Denise de Cuffa Universidade Federal de Santa Catarina
  • Eduarda Vieira Floriani
  • Andrea Valéria Steil

Resumo

Diferentes razões têm contribuído para a saída (voluntária e involuntária) de profissionais de vendas das organizações. Este estudo tem como objetivo identificar as razões do turnover (saída) de profissionais de vendas de uma organização do polo tecnológico do sul do Brasil. Os dados foram coletados por meio da aplicação de questionário semi-estruturado a 43 profissionais no período de janeiro a dezembro de 2017. Os dados foram compilados em um software de análise de negócios. Foi utilizada estatística descritiva para dar suporte à análise dos mesmos. Os resultados identificaram nove razões que contribuíram para a saída (voluntária ou involuntária) dos profissionais de vendas da organização pesquisada: questões pessoais e/ou familiares, mudança de carreira, baixo desempenho, cargo desalinhado, relacionamento com o líder/supervisor, não-adaptação ao clima e cultura da organização, falta de oportunidade de crescimento e oportunidade internacional. A partir da análise desses fatores é apresentada questões para futuras pesquisas.

Publicado
2018-09-21
Como Citar
CUFFA, Denise de; FLORIANI, Eduarda Vieira; STEIL, Andrea Valéria. TURNOVER DE PROFISSIONAIS DE VENDAS: O CASO DE UMA ORGANIZAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação – Ciki, [S.l.], v. 1, n. 1, sep. 2018. ISSN 2318-5376. Disponível em: <http://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/559>. Acesso em: 13 dec. 2019.