GESTÃO INTEGRADA DE RECURSOS HÍDRICOS

UMA REVISÃO INTEGRATIVA

  • Adenilson Perin
  • Eduardo Juan Soriano Sierra

Resumo

O presente artigo analisa as publicações de estudos de casos nesta última década, sobre a gestão integrada de recursos hídricos. Para tal, foi feita uma busca sistemática da literatura, nas bases de dados Scopus e SciELO. As publicações categorizadas foram divididas entre os países objetos dos estudos de casos selecionados, quais sejam: Estados Unidos, Canadá, Israel, Suécia, China, Holanda, Austrália, Vietnã, Tailândia, Escócia, Omã, Brasil e Colômbia. São apresentados os objetivos de cada estudo de caso, além dos problemas apontados em cada lugar e as respectivas soluções apontadas e desafios. Dentre os problemas apontados se destaca o declínio no número de espécies e populações de peixes; poluição das águas; governança ambiental desconectada; falta de água, devido ao aumento do consumo, combinado com a diminuição das chuvas. Quanto às conquistas, uma inovação é a “conta de água ambiental”, especificamente na Califórnia. O Canadá alterou a legislação ambiental. Israel estabeleceu uma nova autoridade de água e a China obteve importantes resultados na recuperação da bacia hidrográfica do rio Yangtzé.

Publicado
2018-09-20
Como Citar
PERIN, Adenilson; SIERRA, Eduardo Juan Soriano. GESTÃO INTEGRADA DE RECURSOS HÍDRICOS. Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação – Ciki, [S.l.], v. 1, n. 1, sep. 2018. ISSN 2318-5376. Disponível em: <http://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/565>. Acesso em: 13 dec. 2019.