PROPOSTA DE MODELO TEÓRICO-CONCEITUAL PARA A GOVERNANÇA DE DADOS ABERTOS GOVERNAMENTAIS

  • Júlio César Costa Casaes UFSC
  • Lia Caetano Bastos, Dra

Resumo

A Governança de Dados Abertos Governamentais (GDAG) é um conceito interdisciplinar e pouco explorado pela literatura. Este artigo tem como objetivo propor um modelo teórico-metodológico para a GDAG, cuja aplicação futura permita a coleta de dados para descrever e avaliar a sua validade em relação aos construtos e variáveis que o compõem em cada dimensão. Premissas da governança, da governança do conhecimento e de dados abertos governamentais, foram utilizadas para elaboração do modelo. O procedimento metodológico adotado foi análise documental por meio de revisão de literatura. O modelo teórico-conceitual (MTC) proposto inclui as dimensões: diretrizes estratégicas; agentes; processos; e, instrumentos de avaliação. Este modelo aborda aspectos comportamentais e normativos, e atua junto às partes interessadas.

Publicado
2018-09-21
Como Citar
CASAES, Júlio César Costa; BASTOS, Lia Caetano. PROPOSTA DE MODELO TEÓRICO-CONCEITUAL PARA A GOVERNANÇA DE DADOS ABERTOS GOVERNAMENTAIS. Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação – Ciki, [S.l.], v. 1, n. 1, sep. 2018. ISSN 2318-5376. Disponível em: <http://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/577>. Acesso em: 13 dec. 2019.