BARREIRAS AO FLUXO DE CONHECIMENTO DURANTE A PANDEMIA DE COVID-19: UM ESTUDO NO SETOR DE SERVIÇOS

Autores

  • Christian Pereira Felicidade Universidade Federal de Santa Catarina
  • Wánderson Cássio Oliveira Araújo Universidade Federal de Santa Catarina
  • Mariângela Poleza Universidade Federal de Santa Catarina
  • Gregório Varvakis Universidade Federal de Santa Catarina

Palavras-chave:

fluxo de conhecimento, pandemia, COVID-19, Barreiras

Resumo

Fluxos de conhecimento são estruturas que possibilitam compartilhar o conhecimento organizacional a fim de atender as necessidades da organização. Devido a Pandemia de COVID-19 as organizações precisaram reestruturar seus fluxos de conhecimento a fim de manter suas operações. O presente trabalho busca compreender como as empresas de serviços superaram as barreiras ao fluxo de conhecimento. Três gestores foram entrevistados a fim de identificar as barreiras e os meio de superação delas. Quatro categorias de barreiras foram identificadas: (i) infraestrutura e tecnologia; (ii) gestão e comunicação; (iii) bem-estar; (iv) conhecimento. A adoção da tecnologia da informação e comunicação foi a estratégia principal para a superação das barreiras, mas elas só se mostraram eficazes quando da combinação com liderança adequada, disponibilidade de infraestrutura para trabalho remoto e participação ativa dos recursos humanos.

Downloads

Publicado

2022-12-05

Como Citar

Pereira Felicidade, C., Cássio Oliveira Araújo, W., Poleza, M., & Varvakis, G. (2022). BARREIRAS AO FLUXO DE CONHECIMENTO DURANTE A PANDEMIA DE COVID-19: UM ESTUDO NO SETOR DE SERVIÇOS. Anais Do Congresso Internacional De Conhecimento E Inovação – Ciki, 1(1). Recuperado de https://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/1318

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>