A RELEVÂNCIA DA MATURIDADE DA GESTÃO DO CONHECIMENTO NA ADMINISTRAÇÃO EM SAÚDE: UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

Autores

  • Patricia Gesser da Costa Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
  • Eduardo d'Avila Filho Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC
  • Édis Mafra Lapolli Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC

Palavras-chave:

Gestão Do Conhecimento, Maturidade De Gestão Do Conhecimento, Modelos De Maturidade, Administração Em Saúde

Resumo

No mercado da saúde, extremamente competitivo e voltado para inovações científicas e tecnológicas, vê-se cada vez mais a necessidade de implementar e aprimorar a administração organizacional, por meio do uso de ferramentas que norteiem a Gestão do Conhecimento (GC). Neste sentido, a presente pesquisa utiliza como metodologia a revisão integrativa da literatura e procura responder a seguinte pergunta: Como a maturidade da Gestão do Conhecimento contribui para o sucesso na administração de organizações em saúde? Um dos principais resultados observados é o de que modelos de maturidade da GC apoiam na identificação de oportunidades para o uso estratégico do conhecimento e para o aprimoramento do desempenho organizacional em saúde. Faz-se necessária a continuidade dos estudos e pesquisas para o aprimoramento do conhecimento relacionado ao tema e sua aplicabilidade junto às organizações de saúde. 

 

Downloads

Publicado

2022-12-05

Como Citar

Gesser da Costa, P., Gonçalves d’Avila Filho, E. ., & Mafra Lapolli, Édis. (2022). A RELEVÂNCIA DA MATURIDADE DA GESTÃO DO CONHECIMENTO NA ADMINISTRAÇÃO EM SAÚDE: UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA. Anais Do Congresso Internacional De Conhecimento E Inovação – Ciki, 1(1). Recuperado de https://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/1341