RISCOS E IMPACTOS DA PERDA DE CONHECIMENTO NO SETOR DE TECNOLOGIA: RELAÇÃO COM FATORES HUMANOS

Autores

  • Lídia Neumann Potrich Universidade Federal de Santa Catarina
  • Paulo Maurício Selig Universidade Federal de Santa Catarina

Palavras-chave:

perda de conhecimento; risco; mitigação; empresas intensivas em conhecimento

Resumo

Na atualidade, o conhecimento é considerado como principal ativo das organizações, sendo importante insumo estratégico para a garantia da competitividade e sobrevivência das mesmas. Por isto, a perda de conhecimento pode ser considerada um grande risco, principalmente para empresas intensivas em conhecimento. Desta forma, o objetivo deste estudo é compreender a respeito da perda de conhecimento, vinculado aos fatores humanos, no setor de tecnologia. Para tanto, foi realizada uma revisão sistemática da literatura, que contemplou estudos empíricos aplicados neste setor/atividade. Os resultados indicam que a rotatividade é a principal causa da perda de conhecimento. Os riscos para as empresas são variados, e estes podem gerar impactos financeiros e não financeiros. Ainda, foram apresentadas algumas estratégias para a mitigação da perda de conhecimento.

Downloads

Publicado

2019-11-06

Como Citar

Potrich, L. N., & Selig, P. M. (2019). RISCOS E IMPACTOS DA PERDA DE CONHECIMENTO NO SETOR DE TECNOLOGIA: RELAÇÃO COM FATORES HUMANOS. Congresso Internacional De Conhecimento E Inovação – Ciki, 1(1). Recuperado de https://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/682