GOVERNANÇA ADAPTATIVA : DESENVOLVENDO CAPACIDADE DE ADAPTAÇÃO À MUDANÇA E RESILIÊNCIA

Autores

  • Maria Angelica Jung Marques Universidade Federal de Santa Catarina/ UFSC- Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento/ EGC
  • Roberto Carlos dos Santos Pacheco
  • Eduardo Giugliani

Palavras-chave:

governança adaptativa; resiliência, coprodução

Resumo

A governança está associada a arranjos formais e informais que determinam como decisões são tomadas em sistemas sociais, públicos ou privados. A complexidade e a pressão por constantes mudanças nos ambientes sociais e organizacionais têm levado a um interesse crescente no conceito de governança adaptativa. Neste artigo se busca a base teórica da governança adaptativa e sua relação com a resiliência e capacidade de adaptação a mudanças. Esta pesquisa revela a demanda e oportunidade para estudos que associam governança adaptativa e resiliência com capital social, aprendizagem em rede e colaboração, o que é particularmente relevante no estudo de coprodução em sistemas socioeconômicos, tais como ambientes de inovação, onde a governança adaptativa, resiliência e bem comum podem apoiar com diretrizes e frameworks que contribuam para a gestão de mudanças e coprodução de atores sociais heterogêneos.

Downloads

Publicado

2019-11-07

Como Citar

Marques, M. A. J., Pacheco, R. C. dos S., & Giugliani, E. (2019). GOVERNANÇA ADAPTATIVA : DESENVOLVENDO CAPACIDADE DE ADAPTAÇÃO À MUDANÇA E RESILIÊNCIA. Congresso Internacional De Conhecimento E Inovação – Ciki, 1(1). Recuperado de https://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/694