NEGÓCIOS SOCIAIS E A ENGENHARIA CIVIL NO BRASIL

Autores

  • Ernesto Ferreira Vasconcellos Founder of Lusco-Fusco
  • Marcelo Cortimiglia Professor of Technology and Innovation Management and Information Systems at Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Bernardo Leso PhD student at UFRGS

Palavras-chave:

inovação social, empreendedorismo social, engenharia civil, ODS, Brasil

Resumo

A partir dos inúmeros problemas relacionados à Engenharia Civil no Brasil, empreendedores sociais desenvolvem inovações sociais, gerando valor social e econômico. Foi construído um esquema de categorização para os 44 negócios sociais em engenharia civil encontrados no Brasil com base nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Apoiando-se em 11 entrevistas com empreendedores, pesquisadores e apoiadores do ecossistema, foram encontrados 45 ‘elementos’ que representam desafios ou oportunidades. Tais ‘elementos’ foram agregados em seis ‘dimensões’, as quais baseiam a discussão com a literatura. Assim, surgem propostas de atuação de apoiadores de ecossistema, do governo, de empreendedores e novos campos para pesquisa como Mensuração de impacto, Microcrédito na engenharia civil e a Maturidade do ecossistema.

Biografia do Autor

Ernesto Ferreira Vasconcellos, Founder of Lusco-Fusco

Engenheiro Civil pela UFRGS, líder intercultural pelas Nações Unidas (UNAOC) e empreendedor social na Lusco-Fusco. 
A Lusco-Fusco é uma consultoria de inovação social para empresas e organizações do terceiro setor focada em juventude.

Downloads

Publicado

2019-11-07

Como Citar

Vasconcellos, E. F., Cortimiglia, M., & Leso, B. (2019). NEGÓCIOS SOCIAIS E A ENGENHARIA CIVIL NO BRASIL. Congresso Internacional De Conhecimento E Inovação – Ciki, 1(1). Recuperado de https://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/725