DE ENGENHEIRO A PROFESSOR DE ENGENHARIA: DAS HABILIDADES PROFISSIONAIS ÀS COMPETÊNCIAS DO ENSINO PARA A APRENDIZAGEM

  • Lucilia Panisset Travassos, Dra Faculdade Pitágoras - BH
  • Francisco Antônio Pereira Fialho, Dr Universidade Federal de Santa Catarina
  • Christianne Coelho de Souza Reinish Coelho, Dra Universidade Federal de Santa Catarina

Resumo

No atual contexto educacional brasileiro, ainda preso a velhas crenças, a atuação docente em universidades é repleta de desafios operacionais. Essa prática pede mudanças rumo à construção do conhecimento baseada em ciência, tanto por parte dos gestores e docentes quanto dos alunos. O ponto de partida é o envolvimento de todos com reflexões e discussões sobre novas práticas de ensino. Como parte do elenco de qualidades do professor universitário, estudos contemporâneos indicam que o conhecimento técnico deve aliar-se à competência para organizar e administrar situações de aprendizagem, tais como fazer evoluir os dispositivos de ensino, envolver os alunos em seu desempenho, trabalhar em equipe, utilizar novas tecnologias em benefício da educação, enfrentar os dilemas éticos da profissão, cuidar da própria formação contínua e ter compromisso com a aprendizagem coletiva e individual. Aí se encontra a justificativa para o principal objetivo deste trabalho, que é discutir competências para a docência em cursos de engenharia, partindo das várias concepções do saber e dos principais paradigmas do ofício de professor para questionar os modos de pensar, agir, produzir e disseminar conhecimento. O trabalho é concluído com sugestões sobre como favorecer a qualidade de ensino na contemporaneidade, ação que exige um tipo de prática que ultrapasse o campo da especialidade, para que sejam desenvolvidas atividades interdisciplinares, com aplicações transdisciplinares, substituindo o ensino que se limita à transmissão de conteúdos por um processo de construção do conhecimento com vistas à inovação.


Palavras-chave: universidade; docência; competência; conhecimento; aprendizagem.

Biografia do Autor

Lucilia Panisset Travassos, Dra, Faculdade Pitágoras - BH

 

Educadora com cinco décadas de experiência profissional em magistério e coordenação, da Educação Básica a grupos de Pós-Graduação, a Profa. Lucília Panisset é Doutora em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina, onde também obteve seu título de Mestre em Engenharia de Produção de Mídia e Tecnologia, com ênfase em Psicologia das Organizações. Especialista em Linguística Aplicada ao Ensino de Inglês (UFMG) e em Psicopedagogia (PUC Minas), Lucília iniciou sua trajetória acadêmica com o Curso de Magistério e o Bacharelado, com Licenciatura em Letras (Português/Inglês).

 É formada em Programação Neurolinguística, pela International Neurolinguistics Programming Trainers Association, de Londres, e em Nuevos Aportes de la Psicopedagogia Clinica Ante El Diagnóstico de ADD/ADHA -  Escuela Psicopedagogica de Buenos Aires, Argentina. Lucília Panisset detém os direitos de tradução e publicação do material sobre Discalculia do Kognitivt Centrum/Suécia para países de língua portuguesa, juntamente com Eloise Torres (MG) e Hélio Magri (RS), e é credenciada como Avaliadora da Síndrome de Irlen e uso do Método de Correção, fazendo parte da rede internacional do Irlen Institute/USA.

 A pesquisadora Lucília Panisset é membro da Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento (SBNeC), da Associação Brasileira de Neuropsicologia (ABNp), da Associação Brasileira de Psicopedagogia (ABPp), da Associação Brasileira de Dislexia (ABD), da Associação Brasileira do Déficit de Atenção (ABDA), da Sociedade Brasileira de Gestão do Conhecimento (SBGC), da Associação Brasileira de Linguística Aplicada (ALAB), da Institute of Mind, Brain and Education Society (IMBES), da International Dyslexia Association (IDA) e da Children and Adult with Attention Deficit Disorder Association (CHADD), entre outras organizações profissionais nacionais e estrangeiras.  Idealizadora do Curso de Pós-Graduação em Neurociências e Psicanálise Aplicadas à Educação, da Faculdade São Camilo-MG, coordenou-o até se tornar Professora Visitante Sênior na FALE/UFMG, cargo para o qual foi aprovada em 1º.  lugar em concurso público, exercido até 31 de dezembro de 2013, conforme contrato. Em janeiro de 2014, retornou à coordenação dessa pós-graduação, da qual faz parte também do quadro de docentes. Em 2015, lançou a Pós-Graduação em Gestão do Conhecimento Aplicada à Neuroeducação, na Faculdade Batista-MG, curso no qual atua como coordenadora acadêmica e docente do núcleo de disciplinas ligadas às Neurociências e Educação.  Atualmente, pertence ao quadro de docentes da Kroton Educacional  ministrando disciplinas nos cursos de Administração e Ciências Contábeis Faculdade Pitágoras e faz parte do Núcleo Docente Estruturante – NDE dessa instituição. Além de atuar em projetos nacionais e internacionais como tradutora e intérprete autônoma de língua inglesa, Lucília Panisset é palestrante nas áreas de gestão educacional, neurociências, ensino e aprendizagem em congressos e organizações educacionais e empresariais de renome em todo o país.

Francisco Antônio Pereira Fialho, Dr, Universidade Federal de Santa Catarina

Possui graduação em Engenharia Eletrônica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1973) e em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (1999), Mestrado em Engenharia de Produção, Ergonomia, pela Universidade Federal de Santa Catarina (1992) e Doutorado em Engenharia de Produção, Engenharia do Conhecimento, pela Universidade Federal de Santa Catarina (1994). Atualmente é professor Titular da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Engenharia e Gestão do Conhecimento, atuando principalmente nos seguintes temas:engenharia do conhecimento, mídias do conhecimento, eco-ergonomia, gestão do conhecimento e ergonomia cognitiva. Líder do Núcleo de Estudos e Desenvolvimentos em Conhecimento e Consciência - NEDECC. Líder do Núcleo de Pesquisas em Complexidade e Cognição - NUCOG. Participante do Núcleo da Engenharia da Integração e Governança do Conhecimento para a Inovação - ENGIN da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC e do LGR - Laboratório de Gestão Responsável.

Christianne Coelho de Souza Reinish Coelho, Dra, Universidade Federal de Santa Catarina

Possui graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal de Santa Catarina (1987), mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (1996) e doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2001). Atualmente é diretora - Reinisch Consulting e professora coloboradora do Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Engenharia de Produção, com ênfase em Gerência de Produção, atuando principalmente nos seguintes temas: licenciamento ambiental, gestão organizacional, sustentabilidade e teoria da complexidade.

Publicado
2018-09-19
Como Citar
TRAVASSOS, Lucilia Panisset; FIALHO, Francisco Antônio Pereira; REINISH COELHO, Christianne Coelho de Souza. DE ENGENHEIRO A PROFESSOR DE ENGENHARIA: DAS HABILIDADES PROFISSIONAIS ÀS COMPETÊNCIAS DO ENSINO PARA A APRENDIZAGEM. Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação – Ciki, [S.l.], v. 1, n. 1, sep. 2018. ISSN 2318-5376. Disponível em: <http://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/505>. Acesso em: 13 dec. 2019.