GOOD PRACTICES SUSTAIN THE MANAGEMENT OF MORE SUSTAINABLE EVENTS

THE ORGANIZATIONAL LEGACY FOR THE GLOBAL COMMUNITY

  • Ení Maria Ranzan Oliva Mattiello Ranzan
  • Richard Perassi de Souza UFSC

Abstract

  Iniciativas nacionais e internacionais, voltadas à gestão de eventos mais sustentáveis, estão sendo um diferencial na promoção de eventos. A elaboração de guias organizacionais que orientam para a gestão de eventos mais sustentáveis, a organização de premiações por entidades da área valorizam as práticas de sustentabilidade, a criação da norma NBR ISO 20121, com orientações sobre a gestão da sustentabilidade em eventos e a obtenção da certificação alusiva à norma por megaeventos, entre outras, são importantes marcos neste contexto. Por meio deste artigo completo, são apresentadas ações alusivas às categorias: envolvimento com os stakeholders, o planejamento da divulgação e inscrições, escolha do local do evento, o uso racional de água e de energia, a mobilidade e acessibilidade, a definição das estruturas para o evento, a oferta de alimentação, as possibilidades de hospedagem, a gestão de resíduos sólidos e a pegada de carbono. A coleta de dados realizada por meio de pesquisa bibliográfica e documental teve como objetivo identificar boas práticas para a gestão de eventos mais sustentáveis, bem como verificar iniciativas organizacionais que contemplam os princípios da sustentabilidade na realização de eventos. O estudo indicou a importância de os gestores buscarem uma melhor compreensão sobre as motivações dos públicos envolvidos em relação à sustentabilidade, bem como a responsabilidade de as organizações deixarem um legado para a comunidade local e global.

Published
2018-08-06
How to Cite
RANZAN, Ení Maria; DE SOUZA, Richard Perassi. GOOD PRACTICES SUSTAIN THE MANAGEMENT OF MORE SUSTAINABLE EVENTS. International Congress of Knowledge and Innovation - Ciki, [S.l.], v. 1, n. 1, aug. 2018. ISSN 2318-5376. Available at: <http://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/451>. Date accessed: 21 mar. 2019.