ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA DAS PESQUISAS EMPÍRICAS QUANTITATIVAS SOBRE OS MOTIVOS DA ROTATIVIDADE NO BRASIL

  • Aline Ferreira de Freitas UFSC
  • Luiza Fernandes
  • Julya Kronbauer
  • Andrea Valéria Steil

Resumo

Os primeiros modelos para explicar o fenômeno da rotatividade apareceram na literatura nos anos 50 e desde então novas propostas estão sendo debatidas. O objetivo deste estudo foi apresentar uma análise bibliométrica das pesquisas empíricas quantitativas publicadas no brasil sobre os motivos da rotatividade organizacional. Foi realizada uma revisão de literatura, cuja amostra final de 51 estudos foi submetida à análise bibliométrica. Os resultados obtidos permitiram constatar a relevância e crescimento do tema nos últimos anos, bem como a necessidade de investigações mais profundas sobre a rotatividade e seus antecedentes no contexto brasileiro.


 

Publicado
2019-11-05
Como Citar
FERREIRA DE FREITAS, Aline et al. ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA DAS PESQUISAS EMPÍRICAS QUANTITATIVAS SOBRE OS MOTIVOS DA ROTATIVIDADE NO BRASIL. Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação – Ciki, [S.l.], v. 1, n. 1, nov. 2019. ISSN 2318-5376. Disponível em: <http://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/801>. Acesso em: 03 june 2020.