PROCESSOS E PRÁTICAS DE GESTÃO DO CONHECIMENTO NO AGRONEGÓCIO

  • Cinthya Mônica da Silva Zanuzzi UFSC
  • Patsy Geraldine Balconi Mandelli
  • Paulo Maurício Selig
  • Lia Caetano Bastos

Resumo

O desafio de gerenciar o conhecimento no ambiente do setor do agronegócio se torna fator estratégico. As unidades de produção do setor, apesar de inseridas em lógicas produtivas locais, fazem parte de cadeias produtivas globais e, cada vez mais, precisam gerir dados, informações e conhecimento para obter vantagem competitiva. Dessa forma, este artigo tem como objetivo identificar os processos e as práticas de gestão do conhecimento das unidades brasileiras de produção de frango de corte. Adotou-se para este estudo a abordagem quantitativa, exploratória e descritiva. O levantamento dos dados se deu com a aplicação presencial de 240 questionários aos gestores das unidades no Estado de Santa Catarina. Para a análise dos dados, foi utilizada estatística descritiva. Pode-se verificar que os processos de gestão do conhecimento foram identificados por meio de práticas adotadas pelos gestores, apesar de eles não possuírem um programa formal de gestão do conhecimento.

Publicado
2019-11-05
Como Citar
ZANUZZI, Cinthya Mônica da Silva et al. PROCESSOS E PRÁTICAS DE GESTÃO DO CONHECIMENTO NO AGRONEGÓCIO. Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação – Ciki, [S.l.], v. 1, n. 1, nov. 2019. ISSN 2318-5376. Disponível em: <http://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/746>. Acesso em: 03 june 2020.