A EFETIVIDADE DO DESIGN THINKING COMO INDUTOR DE INOVAÇÃO NO AMBIENTE ESCOLAR: O CASO DO CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRAL EMÍLIO GAZANIGA JÚNIOR - ITAJAÍ-SC

Autores

  • Edegilson de de Souza Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
  • André Fabiano de Moraes Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Palavras-chave:

Design Thinking. Processo de Inovação. Mudança. Ambiente Escolar.

Resumo

A busca de soluções indutoras do envolvimento efetivo de educadores e educandos no processo de inovação do ambiente escolar, com a adoção do design thinking como metodologia inovadora, constitui-se no objeto desta pesquisa. Trata-se, portanto, de um estudo de caso, desenvolvido numa abordagem qualitativa, de caráter descritivo e natureza básica. Tem como objetivo compreender a efetividade do design thinking como metodologia indutora do processo de inovação no ambiente escolar do Centro de Educação Integral Emílio Gazaniga Júnior, Itajaí-SC. Os resultados evidenciaram que a experiência com o design thinking contribuiu efetivamente à adoção de práticas docentes e gerenciais inovadoras, refletidas na otimização do ambiente escolar. 

Downloads

Publicado

2019-11-07

Como Citar

de Souza, E. de, & de Moraes, A. F. (2019). A EFETIVIDADE DO DESIGN THINKING COMO INDUTOR DE INOVAÇÃO NO AMBIENTE ESCOLAR: O CASO DO CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRAL EMÍLIO GAZANIGA JÚNIOR - ITAJAÍ-SC. Congresso Internacional De Conhecimento E Inovação – Ciki, 1(1). Recuperado de https://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/717