A COMPETÊNCIA CRIATIVA NO DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES

Autores

  • Tatiana Murawski Wilhelm Siebel Universidade Feevale
  • Vanessa Theis Universidade Feevale
  • Dusan Schreiber Universidade Feevale

Palavras-chave:

Atividades administrativas. Criatividade. Ambiente Acadêmico. Gestão.

Resumo

Este estudo visa identificar a percepção de profissionais que realizam atividades administrativas em uma universidade comunitária de grande porte, localizada na região sul do Brasil, acerca da adoção de criatividade nas funções que exercem, bem como sobre fatores que podem estimular a criatividade no ambiente organizacional. Realizou-se um estudo de caso descritivo e exploratório, com abordagem qualitativa, sendo os dados coletados por meio de entrevistas abertas e semiestruturadas realizadas com seis colaboradores de diferentes níveis hierárquicos, provenientes de setores envolvidos em atividades administrativas. A análise dos dados demonstrou que o desempenho criativo do indivíduo não está restrito a atividades artísticas, mas emerge das características pessoais dos sujeitos, de suas vivências, sua cultura e sua capacidade de manipulação de recursos disponíveis para execução de determinada ação no contexto específico.

Downloads

Publicado

2019-11-05

Como Citar

Siebel, T. M. W., Theis, V., & Schreiber, D. (2019). A COMPETÊNCIA CRIATIVA NO DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES. Congresso Internacional De Conhecimento E Inovação – Ciki, 1(1). Recuperado de https://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/643